Vista Imunda

from by Narayama

/

lyrics

"É insuficiente. É cabalmente desonesto com sangue e veias por onde circula o sangue. É insuficiente que seja retratado o que seja visto e que o visto seja evidente mediante alguns jogos de luzes que são manuseadas arbitrariamente por quem quer que seja. A garantia da verdade é insuficiente também se pensa que a perspectiva influencia mais do que o próprio objeto em análise. Mas ainda qualquer espreita qualquer ponto de vista é insuficiente. A luz que vem de cima escurece todos que não podem ver ou olhar para o alto e então são soterrados nas mesmas pedras de onde quem ilumina garantiria outrora seus retornos. E quem pode garantir que essa luz emitida estivesse de fato iluminando e não ocultando outro ponto de maior interesse por trás dessa luz está ocultando ainda mais alguma coisa. Essa luz que vem de cima tem a única intenção função clara de esbranquiçar e quem fala o que vê ao público tem a única intenção de falar o que sente mas não só isso quer privar a todos de suas faculdades sensíveis então que todos apenas olhem para frente e sigam seus caminhos e quando os olhos prostrados forem evocados para o alto que nada mais seja visto ou sentido."

credits

from Terra Suja Vista Imunda, released November 1, 2013

tags

license

about

Narayama São Paulo, Brazil

grindcore anticapital

contact / help

Contact Narayama

Streaming and
Download help